O que aprendemos com os jardins?

Jardins são como templos, silenciosos e sagrados. Mas nem sempre essa foi a minha opinião. Ter um jardim em casa passa necessariamente por duas mudanças: a primeira é na forma de pensar, a segunda é na forma de agir. Mudar de opinião ou de ideia não é tão fácil como se imagina, pois envolve umaContinuar lendo “O que aprendemos com os jardins?”

Por que é preciso ser diferente?

“Não há nada que seja maior evidência de insanidade do que fazer a mesma coisa dia após dia e esperar resultados diferentes”. A frase atribuída a Albert Einstein é perfeita para começarmos este texto, porque a partir de agora precisamos definir o que é ser diferente. Conheço gente que se diz diferente, mas só andaContinuar lendo “Por que é preciso ser diferente?”

O que é ter empatia?

Palavra da moda, empatia é algo difícil de ser alcançado. Colocar-se no lugar do outro. Compreender as emoções do outro. Entender o que o outro está sentindo, buscando para tanto ter os mesmos sentimentos que ele ou ela. Ou como diziam e dizem os mais velhos: “não faça com os outros o que você nãoContinuar lendo “O que é ter empatia?”

Quando tomar uma decisão?

Decisões são sempre difíceis de serem tomadas. Muitas vezes não sabemos a hora, o dia ou o momento certo para tomá-las. Mas será que esse momento certo existe? A primeira palavra que me vem à mente quando penso em tomar uma decisão é cansaço. Quando você está cansado da vida que está levando, do empregoContinuar lendo “Quando tomar uma decisão?”

Por que mudar o outro?

O ato de mudar é de cada um. Só mudamos quanto sentimos que a mudança é necessária, e mesmo que alguém insista, clame, implore que mudemos, ela (a mudança) só acontecerá quando sentirmos vontade de mudar. Sônia é a nossa personagem. A sua beleza se contrapunha às suas crenças. Acreditava piamente que a opinião dosContinuar lendo “Por que mudar o outro?”

O que é pseudofelicidade?

O que é pseudo é falso, enganoso. Então, se digo que a felicidade é falsa, fomos enganados? Se não, onde está a verdadeira felicidade? Quando uma pessoa posta em suas redes sociais uma foto, na qual está sorrindo, rodeada por amigos e familiares, subentende-se que ela esteja feliz. Certo? Errado. Para início de conversa, aContinuar lendo “O que é pseudofelicidade?”

O que mudou na pandemia?

Fora o uso da máscara e do álcool em gel, tenho a percepção que nada mudou na pandemia. Na realidade, não pretendo aqui falar sobre as mudanças, mas sobre o que não mudou a partir da chegada do corona vírus. Quando navegamos pelos sites de notícias, assistimos os telejornais e paramos para ver alguma live,Continuar lendo “O que mudou na pandemia?”

Você é feliz no trabalho?

A maioria de nós passa pouco mais de um terço da vida no trabalho, digo isso principalmente para aqueles que possuem algum vínculo empregatício. Desse modo, se considerarmos que um outro terço da vida passamos dormindo, nos sobram ainda um terço para outras atividades, ou para sermos felizes. Nesse sentido, se estamos infelizes no trabalho,Continuar lendo “Você é feliz no trabalho?”

O que esperar dos outros?

Nada! Poderia encerrar o texto aqui…Mas o nada pode significar tudo para algumas pessoas. Afinal de contas, esperar é ter paciência, e isso é uma virtude…ou não? O ditado diz que “quem espera sempre alcança”. Alcança o que? Se esperamos por alguém ou que os outros tomem atitudes, poderemos aguardar a vida toda, pois comoContinuar lendo “O que esperar dos outros?”

O novo te assusta?

Mudar. Começar do zero, inovar, reinventar…Isso tudo te apavora? A mim sim. Um novo emprego, um novo relacionamento, um novo endereço, uma nova forma de viver a vida. Parece assustador e é, mas precisamos acostumar com aquilo que não conhecemos e que, aliás, só vai ser conhecido se aceitarmos, praticarmos e vivermos o novo momento.Continuar lendo “O novo te assusta?”