Onde não está a felicidade?

Todo mundo quer ser feliz, mas a maioria não sabe como. Por quê? Porque não sabemos onde está a felicidade. Nem mesmo podemos afirmar se ela existe ou não. Por que então esse tema é tão pesquisado? Por que queremos tanto ser felizes? Onde está a felicidade?

Se fossem fáceis as respostas o tema felicidade não seria tão buscado por todo o mundo. Bem, mas temos que começar de algum ponto. Se ainda não sabemos onde está a felicidade, por qual lugar começar a procurá-la? Dizem os estudiosos que a felicidade está dentro de nós, portanto, é o autoconhecimento que nos proporcionará o encontro com ela. Mas o autoconhecimento não é uma busca simples. Além disso, traz dor, porque ao descobrirmos quem somos, podemos não gostar muito das descobertas.

Outros livros trazem que a felicidade é agora. Não foi ontem, não será amanhã. Está no presente. Ser feliz é ser, individualmente, conhecedor do que lhe traz felicidade. Mais uma vez falamos de autoconhecimento. Se você se conhece, só você sabe exatamente o que lhe faz feliz. Simples? Não. Porque enquanto seres humanos estamos em constante mudança. O que me fazia feliz ontem, não me faz feliz hoje e talvez não o fará amanhã. Exemplo: se na infância esperar pelo dia do Natal me inundava de felicidade, hoje não mais.

Então o que fazer para ser feliz hoje? Bom, como não sei a resposta vou pela negativa dela. O que não devo fazer para alcançar a felicidade hoje? Quando alguém me pergunta o que eu quero da vida, eu respondo: “Eu sei o que eu não quero, mas o que eu quero ainda não sei”. E nessa mesma lógica eu vou tentando ser feliz, mas não que isso seja um desejo ardente, mas um modo de levar a vida.

De acordo com os budistas, focamos em três alvos onde a felicidade aparenta estar, assim como uma miragem. O primeiro trata do aspecto físico. Se acreditamos que a felicidade está na beleza ou na saúde física do nosso corpo, certamente quando envelhecermos ou nos encontrarmos enfermos, seremos infelizes. O segundo aspecto trata da felicidade material. Se cremos que o dinheiro traz felicidade, só seremos felizes quando formos ricos. Colocar a sua felicidade num bem material, como uma casa, um carro ou qualquer outro objeto é arriscado, pois a qualquer momento você pode perdê-lo. Se você chorou porque bateram em seu carro, roubaram o seu celular ou manchou sua camisa preferida, certamente é porque você colocava sua felicidade nesses objetos.

A terceira é a felicidade espiritual ou mental. Ela acontece quando atribuímos a nossa felicidade às pessoas e seus sentimentos. Amores acabam, algumas amizades se mostram efêmeras e colegas de trabalho se mudam. Não podemos colocar a nossa felicidade nas pessoas, porque elas podem ir embora ou porque os seus sentimentos podem não ser tão duradouros quanto os nossos em relação a elas.

A partir dessas três vertentes, podemos compreender que a felicidade não pode ser atribuída às causas externas, simplesmente porque elas não dependem de nós. Sendo assim, precisamos entender que a felicidade é interna e individual, e que ela não estará no trabalho, na família, na igreja, nos objetos ou nas pessoas. A felicidade estará em qualquer lugar por onde passarmos, simplesmente porque ela está dentro de nós.

Publicado por Ralph Neves

Não sei bem me definir...Gosto de escrever, talvez porque gosto muito de ler. Sou curioso e tenho muitas dúvidas, mas não sou cético, porque acredito em muitas coisas e ao mesmo tempo não creio em nada. Muitas vezes penso que sei, e descubro que não sei nada. A frase atribuída a Descartes ajuda a me definir: "Daria tudo que sei pela metade que ignoro". Estou sempre procurando e talvez não encontre, mas o que realmente importa? Certamente é o caminho da busca...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: